Cuidado com o Omeprazol – Leia antes de Tomar!

Suplementação natural e a dieta certa são capazes de combater azia, má digestão e refluxo!

Por G1
03/07/2017 10h04  •  Atualizado há 6 horas

Vencendo Azia

Suplementação natural e a dieta certa são capazes de combater azia, má digestão e refluxo!

A indústria farmacêutica ganha milhões todos os anos com a venda de remédios para combater problemas estomacais como a azia, a má digestão e o refluxo.

Certamente, você já deve conhecer muito bem remédios como Estomazil, Omeprazol, Engov, Eno e tantos outros que são comercializados. Até em comerciais de TV em horário nobre propagandas são veiculadas.

Você sabe por que isso acontece?

Os laboratórios farmacêuticos e empresas que desenvolvem medicações não têm interesse que você vença a azia, afinal, se isso acontecer, você não será mais um consumidor de medicações paliativas, concorda?

Era justamente dentro desse cenário que João Maurício, 57 anos, viveu por longos anos:

“Sempre andei com esses remédios para combater a azia e a má digestão no bolso. Trabalho como motoboy e não tem como ficar carregando comida de casa, preciso comer na rua. Então, todos os dias eu tomava, pelo menos, 2 desses remédios, um depois do almoço e um depois da janta.

Até tentei tratamentos, mas eles nunca me deixaram curado, apenas amenizavam a dor. Perdi tanto tempo nisso que desisti.”

Jeana Martins, 63 anos, tem um depoimento bastante parecido:

“Ouvi toda a minha vida que o problema que eu tinha era de excesso de ácido clorídrico no meu estomago. Precisava combater a sua formação a todo custo e para isso frequentava terapias, endocrinologistas e, até neurologista, eu cheguei a ir para saber se tinha algo de errado com o funcionamento do meu cérebro.

Nada, nunca, era eficiente ao ponto de me deixar ter uma vida normal. Até que um método natural mudou completamente a minha qualidade de vida.”

O problema não é o Ácido Clorídrico é a falta dele, afirmam especialistas

Você que está tentando desvendar os motivos da sua azia, má digestão ou refluxo precisam entender que qualquer estômago saudável precisará de alguns níveis de ácido clorídrico para funcionar corretamente.

Sem esse ácido, você não conseguirá dissolver os alimentos e não terá uma digestão completa. Então, a falta desse ácido poderá lhe causar problemas mais graves, já que seu corpo não irá conseguir quebrar corretamente o bolo alimentar e extrair os nutrientes que precisa.

Você ficará desnutrido e com anemia, mesmo fazendo 6 refeições por dia. E, ainda, poderá ganhar peso, já que seu metabolismo desacelera.

Outro ponto importante: Pessoas com mais de 50 anos têm uma queda natural dos níveis de produção do ácido clorídrico, isso acontece naturalmente pela idade!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Vencendo Azia

E qual a relação com a falta de ácido com a azia e o refluxo?

Está ai o grande problema de se automedicar, levando em consideração os comerciais de televisão que você sempre assiste.

Normalmente, a azia e o refluxo NÃO são causados pelo excesso de acidez, ao contrário, isso ocorre pela falta! O que acontece é que o ácido retorna ao esôfago pelo excesso e causa a dor.

Então, se você pensar só um pouco vai descobrir que esses inibidores da produção de ácido AGRAVAM o seu problema!

Luciano Marcondes, 53 anos, descobriu isso de uma forma muito dura:

“Comecei a ter dores no estômago e um grande desconforto sempre que comia algo mais pesado ou na rua. A noite, quando me deitava para dormir, o refluxo aparecia e atrapalhava completamente o meu sono!

Vendo as publicidades, comecei a tomar antiácidos como Eno, Engov e até mesmo Omeprazol todos os dias. O alívio era imediato, porém na próxima crise parecia que a dor era ainda pior, muito mais intensa e severa.

Durante anos fiquei nessa condição e só ia aumentando a quantidade de antiácidos, até que em um momento eles começaram a não fazer qualquer efeito, passei a ter dores horríveis, febre e decidi passar na emergência.

Rapidamente fui atendido, fiz exames e o diagnóstico não poderia ser mais preocupante: Estava com úlcera no estômago! Durante tantos anos eu tomei remédio para inibir a produção do ácido e no fim tudo que consegui foi prejudicar um órgão tão importante.

Agora seria um longo tratamento pela frente...”

Omeprazol uma droga mascarada!

O Omeprazol é um grande conhecido das pessoas que sofrem com azia, refluxo e má digestão, porém ele é uma DROGA mascarada!

Ele funciona como um protetor gástrico que irá anestesiar o seu esôfago, ou seja, ele apenas engana e mascara o problema.

Se o seu esôfago é anestesiado, você não sente dor, mas isso não significa que ela não esteja lá. O que ocorre é que o remédio não combate a causa!

A insistência no seu uso por longo período só vai AGRAVAR SEU PROBLEMA!

Uma pesquisa realizada por um laboratório inglês relatou que o uso de 30 dias contínuos do medicamento inibe ou elimina por completo a produção do ácido clorídrico. E mais, essa condição é para sempre, sem a possibilidade de reversão.

Se o seu organismo não é capaz de absorver vitaminas e sais minerais, você simplesmente fica doente!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Vencendo Azia

A solução está em algo 100% natural

Não seja mais uma vítima de remédios tóxicos que vão prejudicar sua saúde!

Mais de 3 mil pessoas já adotaram para sua vida o método do Vencendo a Azia e conseguiram resultados impressionantes em pouco tempo.

O Sr. José Silveira é um deles:

“Eu sofria tanto de refluxo que era um viciado em antiácidos. Tinha noites que a dor era tão intensa que acabava combinando outros tipos de remédios para conseguir dormir!

Não posso falar que não tentei. Sério, eu tentei vários tipos de medicamentos e diversas alternativas de tratamentos diferentes, seguia tudo que os médicos recomendavam, mas nada fazia efeito.

Cheguei ao ponto de desistir, até que me deparei com o método 100% natural. Esse tratamento foi um presente, em 2 semanas eu não tinha mais nenhum sintoma! Agora eu durmo bem, me alimento com qualidade e o melhor: NÃO TENHO MEDO DE COMER!

Joguei fora todos os remédios, aqueles lixos químicos que só me faziam mal. Só tenho a agradecer a esse método!”

Quer conhecer qual é?

→ Tenha noites de sono mais tranquilas;

→ Nunca mais compre antiácidos;

→ Acabe com os efeitos colaterais das medicações tradicionais;

→ Coma o que quiser sem medo!

Você merece Vencer a azia!

Venha!

36 COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

RECENTE

  • Marcelo Henrique

    HÁ 45 MINUTOS

    Eu costumava tomar Omeprazol, Plasil, Sonrisal e vários outros remédios dos quais nem consigo lembrar o nome agora. Também cheguei a fazer algumas dietas mas nada resolveu! Agora estou testando um novo produto, um ebook que achei na internet no qual ensina como acabar de vez com esses problemas, começei tem uns dois meses e estou gostando muito! Segue site para quem tiver interesse: www.vencendoaazia.com.br

  • Maria Estela

    HÁ 6 HORAS

    Eu sofro muito com gases intestinais,mas é muita dor os gases estoora dentro das minhas tripas,mesmo com uma alimentação equilibrada,gostaria de saber qual médico devo procurar?

  • Gustavo Oliveira

    HÁ 11 HORAS

    Meu gastroenterologista prescreveu a cirurgia de refluxo ácido como último recurso. Mas, no ano passado, pesquisando na internet sobre esse assunto encontrei algumas soluções para não precisar fazer essa cirurgia. Estou fazendo um tratamento bem legal e retomei minha vida normal, consigo dormir a noite toda e estou totalmente liberado da minha medicação.

MAIS DO G1

BEM ESTAR

Cinco erros mais comuns na hora de tomar o antibiótico.

Quando o remédio não é tomado de forma correta ou é interrompido, as bactérias ruins mais fortes não morrem e ficam mais fortes, mais resistentes.

BEM ESTAR

Dor de barriga pode indicar um problema mais sério.

Mais de 25 milhões de brasileiros sofrem com dor de barriga. Gastroenterologista explica quando pode ser Doença de Crohn.

LONGEVIDADE

Dez dicas para o idoso deglutir com segurança.

A Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia do RJ lançou uma cartilha sobre deglutição, iniciativa que integra uma série sobre cuidados.

PUBLICIDADE

BEM ESTAR

Carne vermelha ou carne branca? Veja as dicas.

Carne branca tem menos gordura e é menos calórica. Especialistas lembram que a carne vermelha deve ser consumida na quantidade certa.

ZIKA VÍRUS

Risco de zika diminuiu, mas grávidas precisam manter atenção contra a doença.

Mesmo com queda no número de casos, vírus que causou epidemia em 2016 ainda não desapareceu totalmente das regiões onde há risco.

© Copyright 2000-2017 Globo Comunicação e Participações S.A.